gruposp

 

Alvaro Puntoni, 
Jonathan Davies e 
João Sodré
 
55 11 3068-0112
 
 
@ WEB
  
 
Residência 1

Residência / Carapicuíba, SP

ARQUITETURA: Angelo Bucci e Alvaro Puntoni [SPBR arquitetos]
COLABORADORES: Ciro Miguel, Fernando Bizarri e Juliana Braga
ESTRUTURA: Ibsen Pulleo Uvo e Ruy Bentes
PAISAGISMO: Klara Kaiser
CONSTRUÇÃO: Alexsandro Bremenkamp
LOCALIZAÇÃO: Carapicuíba, SP
ANO DO PROJETO: 2003
ANO DA CONSTRUÇÃO: 2005
AREA TERRENO: 450 m²
ÁREA CONSTRUÍDA: 415 m²

Casa em Carapicuíba, 2003
A característica a mais notável do local onde a casa esta implantada é um desnível de seis metros que separa a rua de um plano inferior do terreno junto a um pequeno bosque na vertente oposta. Da rua não se vê claramente o nível inferior do terreno porque o plano cai abruptamente. Mas destaca-se a massa arbórea posterior como um pano de fundo desta paisagem inusitada, fruto da implantação da rua neste loteamento.
O programa junta duas finalidades diferentes: uma casa e um escritório, um lugar onde se vive e trabalha. Embora estas duas funções compartilhem do mesmo espaço, é tão separado como possível.
A casa foi implantada em dois níveis compreendidos na distância que separa a rua do plano inferior, sua estrutura vai aos limites do terreno e definem o espaço inferior onde está a habitação aberta para os pátios junto ao bosque e ao córrego.
O nível da rua foi inteiramente preservado e ampliado através da pequena praça de acesso, na mesma cota, que se estende sobre a cobertura da casa através de uma ponte de aço - a única entrada do edifício. Daí se vai à casa ou ao escritório por percursos que exploram as possibilidades espaciais daquela situação topográfica particular.
Uma escada de concreto conduz à varanda que remete o olhar a situação peculiar da casa no terreno, abaixo do nível da rua, e dali se entra na sala ou cozinha. Seus espaços são integrados com as arvores, o pequeno vale, jardins, e a piscina linear situada no nível do chão. A casa incorpora a natureza exterior dentro: uma porta de vidro deslizante abre completamente o estar para o terraço, criando um único espaço. Os dormitórios e o pátio inferior também se ligam no nível inferior. A cozinha esta atirantada na estrutura principal e libera os espaços inferiores para os seus usos.
O escritório, constituído por duas lajes estruturadas por uma grande viga superior apoiada em dois pilares, é o único volume visível da rua. Suas dimensões de 3 metros de largura e 25 metros de extensão remetem à idéia de um tubo aberto em ambas as extremidades. Conseqüentemente, as janelas oferecem outras vistas: mais longínquas que próximas, mais paisagem do que um espaço intimo.
A estrutura é em concreto armado. Além de seus materiais principais, concreto e de vidro, esta casa é projetada essencialmente baseada na geografia e na paisagem do local. Os acabamentos são simples: pisos monolíticos em concreto branco e mosaico português também branco. Assim poucos elementos significam mais concentração no trabalho solicitado durante seu processo de construção. Faz mais fácil de controlar o orçamento e propicia-nos focalizar nas etapas necessárias para construir a casa.


| voltar | principal |