Dória Lopes Fiuza Arquitetos Associados

 


Waldeny Fiuza

 

55 41 3014-8681 | 48 3222-0444
.

@ | WEB
.


Público | Passarela Metálica


Público | TCE-SC


 

.Passarela Metálica | Curitiba, PR


 




.





PASSARELA METÁLICA COMPÕE A PAISAGEM DO PARQUE BARIGUI E SOLUCIONA PROBLEMA DA REGIÃO
Quem chega a Curitiba pela BR-277 se depara com o novo portal da cidade: uma passarela metálica de 40 metros de extensão, concebida pelo arquiteto Waldeny Fiuza, da Dória Lopes Fiuza Arquitetos Associados. A passarela foi construída para fazer a ligação entre o Parque Barigui e o bairro Mossunguê.
Segundo o arquiteto, a região se desenvolveu bastante nos últimos anos, com a chegada de empreendimentos como o Park Shopping Barigui e o Ecoestádio Janguito Malucelli. Além disso, nos finais de semana, quando o número de usuários do parque é muito maior, é comum que a travessia seja feita em locais de grande perigo. "A passarela vem para resolver esse problema e diminuir o número de acidentes na região", informa Fiuza.
O projeto da passarela também levou em consideração a paisagem do Parque Barigui, cartão-postal da cidade. "Tivemos a ideia de criar uma passarela integrada com paisagismo, utilizando aço estrutural, que é totalmente reciclável e plantas", comenta o arquiteto. O paisagismo acompanha o percurso do pedestre durante a travessia: árvores nativas da região e vegetações com flores foram incorporados, sugerindo uma extensão do parque".
Outro ponto importante são os painéis de LED medindo 7,0 x 2,5 metros, criados para que uma empresa privada pudesse explorar os espaços comercialmente. Desta forma, a concessionária CCR RodoNorte e o DER puderam realizar a obra sem que ela tivesse impacto no contrato de concessão.
"Sustentabilidade, segurança e viabilidade foram ponto-chaves e determinantes para a realização do projeto, sem deixar de lado a intenção plástica", finaliza Fiuza.

.TCE-SC | Florianópolis, SC


 



.
EDIFÍCIO-SEDE DO TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA
O arquiteto Manoel Dória, da Dória Lopes Fiuza Arquitetos Associados, venceu o concurso nacional que tinha como objetivo escolher o melhor projeto arquitetônico para o Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis.
O principal destaque do projeto é que ele foi elaborado de acordo com o moderno conceito denominado "Green Building" ou "Prédios Verdes". Isso significa que, além de atender às necessidades de tecnologia avançada, funcionalidade, plasticidade e conforto, o prédio vai integrar o melhor visual e a máxima qualidade interna com o mínimo de consumo energético, mínima poluição e com planejamento de seu envelhecimento, manutenção e descarte final.
De acordo com Manoel Dória, o edifício é uma leitura do que Florianópolis pode ter e oferecer de mais atual para uma edificação institucional, em benefício da comunidade. "Nossa preocupação hoje, além de conceber projetos que atendam às necessidades com tecnologia avançada, funcionalidade, plasticidade e conforto, é de projetar na busca constante de sustentabilidade e respeito ecológico", afirma o arquiteto.
O resultado de tudo é um edifício harmoniosamente integrado por uma estética que o valoriza de dentro para fora, sendo ecologicamente correto e ambientalmente responsável.
Segundo o arquiteto, o projeto valoriza o edifício como um todo, seguindo as tendências mundiais que surgem em razão da evolução tecnológica no que tange a equipamentos, instalações, metodologia construtiva, durabilidade da obra e representatividade arquitetônica dentro do cenário urbano.

| voltar | principal |